DICAS PARA FOTOGRAFAR O SEU IMÓVEL

 


Todos nós sabemos que a fotografia é crucial para o processo da venda de um imóvel, a foto alavanca a visibilidade do imóvel. Mas vocês sabem como fazer uma boa foto?

A compra de um imóvel começa pelos olhos. Belas imagens feitas de um apartamento motivam o contacto do cliente e a visita ao local, garantindo o sucesso na divulgação do imóvel e consequente sucesso na venda.
 

 
Apesar de sabermos que a fotografia é o mais importante quando se fala em divulgação de imóveis, muitas empresas imobiliárias e particulares colocam fotos inadequadas: desfocadas, com roupas ou objetos espalhados, espaços desarrumados, entre outros.




PREPARAÇÃO DOS ESPAÇOS
 

Muitas vezes vemos fotos de imóveis que são um desastre, estão desorganizados e sujos. Uma fotografia deste género não vai favorecer em nada a divisão ou a casa e dificultará a realização do negócio.

Ao ver uma fotografia de má qualidade o cliente não vai conseguir visualizar o imóvel de uma maneira adequada.
 
 


NÃO VENDE
 


VENDE


Antes de fotografar o imóvel verifique o estado em que está, se tiver mobilado tente organizá-lo um pouco como se fosse um cenário. Se estiver vazio, abra as janelas e aproveite a luz natural, se necessário acenda as luzes e verifique o estado da pintura e a limpeza do chão.



ORGANIZAÇÃO LÓGICA DAS FOTOGRAFIAS

Quando faz uma visita a um imóvel com um cliente não entra pela casa de banho, pois não? Ou pelo quarto? Não, entra pela porta que provavelmente vai dar a um hall ou a uma sala. Quando for tirar fotos a um imóvel, faça o trajeto como se estivesse a fazer uma visita com um cliente, passe por todas as divisões da casa de uma forma sequencial. Ao publicar as fotos tenha apenas atenção para que estas fiquem na mesma ordem.



ATENÇÃO A CASAS DE BANHO E COZINHAS
 

A casa de banho (assim como a cozinha) é uma divisão que tem de estar limpa, ou pelo menos assim deve transparecer. Um dos erros mais comuns é o tampo da sanita estar levantado, assim como o cesto dos papéis não ter tampa, são erros crassos.

Tenha também atenção aos espelhos, tente fazer a foto de forma a não aparecer o seu reflexo, afinal você não faz parte da casa.
 


NÃO VENDE
 


VENDE


Na cozinha, manter o menor número de objetos ou máquinas em cima da bancada e da mesa de refeições, tudo o arrumado e limpo possível.




OS ÂNGULOS DAS FOTOS
 

Deve evitar sempre tirar fotos de baixo para cima (ou vice versa), pois o ambiente pode ficar deformado e dar uma impressão errada ao cliente. Opte antes por tirar as fotos a partir de um canto da divisão, desta forma dará uma visão mais realista do espaço. As fotos deverão ser tiradas dos cantos e sempre ao nível do peito.

Muito importante: tire as fotos sempre na horizontal e nunca na vertical.
 


NÃO
 


SIM



DÊ IMPORTÂNCIA AOS PORMENORES, SÃO OS PORMENORES QUE VENDEM MAIS!
 

Não se limite a fotografar as divisões do imóvel, aproveite a vista das janelas sempre que possível. Vistas para o rio/mar, jardins verdes e floridos vendem mais que 4 paredes.
Procure ainda todos os elementos que podem acrescentar valor ao imóvel: churrasqueira, piscina, terraço, garagem, aquecimento, varandas amplas, etc. Na hora de tomar uma decisão estes elementos podem fazer a diferença.
 
 




O QUE PENSAM OS CLIENTES

Perguntámos a vários clientes qual a importância das fotos dos imóveis para eles, em que as respostas foram unânimes:
"Como é que a pessoa pesquisa o imóvel que quer comprar? É simples, nós pesquisamos e procuramos na internet, nos portais imobiliários, com campos de limitação tais como o preço e a região que se deseja. Da busca aparecem uma série de anúncios e a primeira coisa para onde olhamos indiscutivelmente é para a foto principal e só depois para o preço. Se a foto nos despertar a atenção abrimos o anúncio e começamos a explorar. Temos plena consciência que provavelmente não compramos uma qualquer outra casa e eventualmente melhor, pelo facto de a foto inicial não nos despertar a atenção.”

Como podem constatar, a imagem é importantíssima para vender o imóvel. Através dela, o cliente desperta o desejo de visitar ou saber mais informações sobre o imóvel e, até mesmo, entender que o mesmo não atende os requisitos que ele desejava.

Fotógrafos que trabalham com agências imobiliárias de topo, há mais de 10 anos dão as dicas de como fazer uma boa fotografia para ajudar ter sucesso na venda dos imóvel:

1.    Procure sempre fazer as fotos seguindo uma sequência lógica da forma como fazemos uma visita ao imóvel. Comece pela melhor parte do imóvel. A primeira foto será aquela que vai fazer com que as pessoas abram o seu anúncio.
2.    O imóvel tem que estar arrumado. Talheres, objetos da cozinha, tudo que não tem um valor cultural ou artístico, e se tiver um gosto meio duvidoso, é para tirar.
3.    Ao fotografar casas de banho, a sanita tem que ter o tampo fechado e deve fazer as fotos apenas do tampo para cima. As toalhas têm que estar dobradas e sem papel higiênico à mostra.
4.    Tudo que agrega valor ao imóvel tem que ser mostrado. Se do imóvel se avistar Escolas, Transportes públicos, Parques, Jardins, rios, lagos, vistas desafogadas, etc… registe tudo, não só desperta a atenção para o imóvel como também o valoriza mais.
5.    Acenda todas as luzes de casa, mesmo durante o dia, e mantenha o flash da máquina fotográfica sempre ligado.
6.    Mostrar a porta e o aro das portas são erros comuns na tentativa de fazer a foto com todo o ambiente. Faça com que não apareça a porta e aro.
7.    Sem lentes especiais e com uma máquina fotográfica digital simples também é possível fazer imagens com amplitude. É importante não deixar aparecer nas fotos elementos limitadores, como o aro das portas ou a linha do teto.
8.    Nas casas de banho não deixe à vista embalagens, como cremes, perfumes e pastas de dente em cima da pia.
9.    Nas casas de banho remova as toalhas que tiverem penduradas e se tiver um toalheiro coloque-as no mesmo e dobradas. Quanto menos objetos aparecerem nas fotos, mais o seu cliente vai gostar.
10.    Não foque os tetos e pisos. Tire fotos do espaço completo, foque na área dos espaços.
11.    Se o espaço tiver janelas e você tirar fotos durante o dia, abra-as e deixe a claridade ajudar na a fazer a fotografia. Mesmo com bastante luz, ative o flash da sua máquina fotográfica, pois a foto sairá melhor e mais nítida.
12.    Na cozinha, tire todos os panos de cozinha e objetos muito grandes ou muito coloridos. Uma visão mais clean tem mais hipóteses do cliente gostar.
13.    Evite deixar em cima da bancada, detergentes, potes, talheres e panelas em cima do fogão. Recolha todos os itens deste espaço e guarde num armário, sem deixar à mostra nas fotos.
14.    No exterior nunca tire fotos num dia chuvoso ou nublado, mais vale aguardar uns dias pelo sol e tirar excelentes fotos do que colocar fotos com tempo mau e não ter contactos.
15.    No exterior tirar fotos com a área envolvente limpa, sem ervas altas e sem obstáculos ou lixo no exterior.
16.    Tire pelo menos 60 fotos e escolha 20 para colocar no seu anúncio.
 

EXEMPLOS DE FOTOS
 



UMA MÁ FOTO
 


UMA BOA FOTO

 



UMA MÁ FOTO
 


UMA BOA FOTO

 



UMA MÁ FOTO
 


UMA BOA FOTO



A qualidade das fotos é muito importante na hora do primeiro contato com os clientes. Vamos mostrar a influência que elas causam na hora de despertar interesse, como fotos ruins podem acabar denegrindo a imagem do seu imóvel e o cliente nem querer ver o seu anúncio.

A aparência neste caso, é essencial, pelo simples fato de ser o primeiro contato do cliente com a casa ou apartamento em que poderá estar interessado. O cliente precisa de sentir vontade de conhecer e obter mais informações sobre o imóvel.





ALGUNS EXEMPLOS DE FOTOS QUE NÃO VALORIZAM O IMÓVEL
 



Nesse caso a imagem é apenas da sanita e de uma cortina. Não há interesse em saber de que material é feita a sanita e pressupõe-se que toda a casa de banho tenha uma. Para chamar a atenção e despertar o interesse, tem que mostrar o espaço no seu todo e a sua envolvência, os clientes interessam-se pelos espaços e não pelas mobílias individuais.
 


Nesta foto de casa de banho, era preciso ajustar a iluminação para a foto ficar mais nítida e novamente ajeitar o espaço. Com a tampa da sanita levantada não por favor. Mais uma vez, embora com uma área mais abrangente não foi mostrado o espaço no seu todo.
 


Aqui não é possível identificar de qual parte da casa se trata, se é a sala ou um quarto ou até mesmo o hall de entrada, é preciso deixar bem claro ao seu cliente o que a fotografia mostra. Aqui se pode ver a importância dos ângulos. É imprescindível NÃO colocar fotos destas nos anúncios.


 

 
 
Nesse caso a preocupação foi em fotografar a mobília e não o espaço total da dependência, um erro normal mas não admissível, por muito que o proprietário goste do mobiliário ou do seu enquadramento na habitação, é um gosto pessoal e não deve ser transmitido para o anúncio.

As fotos deverão ser sempre ao espaço total num todo.


Se tiver em casa símbolos clubistas, políticos ou religiosos, faça o que fizer mas nunca, nunca mesmo os coloque num anúncio para comercialização de um imóvel, estará a preconceituar-se e a limitar drasticamente o interesse no imóvel.




FOTOS QUE VALORIZAM O IMÓVEL
 



Na imagem o ângulo conseguiu mostrar a fachada da casa, e a piscina, que é um atrativo muito grande e uma porta de entrada para o potencial cliente.
 


É colocada em evidência na fotografia a cima, a vista, mas sem deixar de mostrar o ambiente em questão. Com uma foto destas, o potencial cliente nem sabe como é a casa mas pela vista ele vai certamente correr o anúncio todo.
 


O ambiente da sala de estar, segue o mesmo padrão: com o cenário organizado, ângulo certo para mostrar todo o espaço, a foto foi feita de forma cuidadosa valorizando os pequenos detalhes.

 

 

 



Aqui, o cenário está bem organizado, as luzes (iluminação direta) foram acesas para criar um ambiente agradável e atrair a atenção do cliente para a decoração da biblioteca.
 


ILUMINAÇÃO – Para excelentes fotos use e abuse de toda a iluminação natural e artificial que tenha ao seu dispor.
 
 

 



APLICATIVOS PARA EDIÇÃO DE FOTOS

O software mais conhecido de edição de imagens é o Photoshop, desenvolvido pela Adobe. No entanto, para quem não conhece muito bem o programa, pode ser um pouco trabalhoso e difícil utilizá-lo para melhorar as fotografias do imóvel, para além dos custos associados.

Para fazer pequenos ajustes nas cores, sombras e luminosidade, existem diversos aplicativos fáceis de usar no próprio smartphone. A maioria possibilita também mudar o tamanho, cortar a imagem ou incluir marca d’água na fotografia. Alguns apps disponíveis tanto para Android quanto para iOS são: Compressor, Fotosizer, Image Batch, Pixlr, SumoPaint e Add WaterMark.

Os aplicativos podem não fazer milagres nas fotografias, mas ajudam a corrigir pequenos detalhes nas imagens antes de as incluir no anúncio. Após a edição, selecione as imagens e organize-as numa ordem lógica. Apresentar o imóvel em imagens na mesma ordem que a pessoa veria se estivesse no local é uma boa alternativa. Assim, siga a ordem natural com a foto da fachada, garagem, sala, cozinha, quartos etc.

Com os avanços tecnológicos, além das fotografias, é possível investir em imagens e vídeos 360º e até utilizar a realidade virtual para auxiliar quem deseja encontrar uma casa. Com dedicação e um pouco de paciência é possível aprimorar as imagens e criar um ótimo anúncio.

Comprar um imóvel é uma decisão extremamente importante na vida de alguém, por isso, antes de fechar uma negociação o cliente procura várias opções,  e é bombardeado por uma série de publicidades e acabam por se destacar os imóveis cujos anúncios têm fotos com melhor qualidade e visibilidade.
 

Fotografar imóveis não é uma tarefa difícil, porém, como dissemos atrás, é preciso ter bom gosto, senso estético e uma ajudinha da tecnologia.

Desta forma você atrairá muito mais clientes interessados no imóvel que está a oferecer.
 


ANTES
 


DEPOIS




NÃO SE SENTE À VONTADE PARA TIRAR FOTOS?
CERTAMENTE TEM UM FAMILIAR QUE AJUDA!

ZERO PORCENTO, LDA © Direitos reservados   |   Política de Privacidade   |   Site by Bomsite bomsite.com